sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Halo de Alexandra Adornetto

HALO_1286073230P

Rolava um grande burburinho no mundo literário sobre mais um lançamento voltado ao mundo adolescente. Dessa vez mais um livro da moda dos anjos chegou as livrarias

Bethany, Ivy e Gabriel são três anjos enviados a terra com uma missão. Eles vão para a pequena cidade de Venus Cove para combater as forças do mal que começar a surgir na cidade. Para isso eles se disfarçam de irmãos. Gabriel como professor da escola local onde Bethany é enviada para estudar.
Tudo parece estar caminhando nos eixos até Bethany apaixonar-se por Xavier Woods, um estudante e humano. Essa paixão proibida pode atrapalhar completamente os planos divinos para a pequena cidade.

O que eu posso dizer do livro? Foram grandes expectativas que eu almejei e que não foram atendidas. Como algumas pessoas viram na minha timeline, terminar de ler Halo foi quase uma tortura para mim e eu só terminei devido a muito esforço e força de vontade.

Quando os três anjos chegam a Terra eles tem uma missão e ai você já imagina que o livro tenha um conflito, bem contra o mal. Todo o objetivo dos três estarem na pacata cidade é combater as forças malignas, que até agora não se manifestaram, cabe a eles esperar a hora certa e agir. Enquanto isso eles tentam viver uma vida quase normal e é Bethany que se vê praticamente como uma humana. Apesar de ser a primeira vez que ela vive no corpo de uma humana ela aprende rápido todas as sensações e passa a viver como eles. 

Até esse ponto do livro não temos nada. Absolutamente nada de interessante acontecendo, apenas os três tentando viver entre as pessoas, aprendendo como elas agem. Mas tudo muda quando Beth conhece Xavier, o popular garoto de sua escola. Apesar de ser proibido nada a impede de se apaixonar por ele. Um sentimento que ela jamais pensou que pudesse sentir nasce e ela começa a viver uma grande história de amor.

Meu ponto é, esse sentimento nasceu do nada, sem nem ao menos conhecer Xavier direito Beth se vê caidinha por ele, uma paixão avassaladora e poderia dizer doentia e obsessiva em algumas partes. As grandes declarações de amor logo surgem, em muito pouco tempo eu digo, e logo Beth já confia 100% em Xavier revelando todo tipo de coisa para ele. Ai eu ouso dizer o livro já estava maçante. Como ele se passa do ponto de vista de Beth, o que vemos em mais de 200 paginas é sua obsessão por sempre estar com Xavier e de viver para ele, respirar com ele. Algo que me desgostou muito ao longo do livro, pois não gosto de personagens que perdem completamente a identidade por causa de um relacionamento. E toda a missão que Beth tem na terra fica esquecida em prol de Xavier, e Beth acaba se tornando aquilo que ela mesma temia, egoísta e só pensando no seu bem estar, que ao longo do livro é basicamente ficar o maior tempo possível perto de Xavier.

A grande missão ao qual os anjos são enviados a Terra é esquecida e sinto que o livro não é sobre um anjo que se apaixona por um humano. No começo Beth até poderia parecer um anjo com o seu jeito de ser, mas ao longo do livro ela simplesmente parecia uma adolescente normal, então na minha opinião se você tirasse o negocio do anjo da história não mudaria muita coisa. Como eu disse o livro é basicamente um romance, Xavier é o protótipo do menino perfeito, só que ele é tão perfeito que dá raiva, do mesmo jeito que Beth vive para ele, ele vive para ela. E romance deles ao longo das paginas é cansativo e acima de tudo muito infantil e inocente. Ao mesmo tempo em que eles afirmam estar apaixonados não consegui sentir isso nas palavras descritas no livro.

Depois de várias páginas, que eu diria de enrolação nas ultimas 100 paginas ,a chegada de um novo aluno coloca os anjos em alerta e tenta dar um pouco de conflito que jamais houve na história. Essa parte que poderia ser muito mais desenvolvida, passou rápido e quando você vê se encaminha para um final que eu não diria decepcionante mas básico, que nem surpreende nem explica diversos fatos.

Infelizmente o casal principal não me cativou nem um pouco, um amor inexplicável e a inocência de Beth por muitas vezes me irritava. Agora Gabriel o irmão de Beth, apesar de seu papel coadjuvante tinha seu brilho e para mim foi um dos personagens mais bem feitos (ele é gato tbm!) da história.

Me queixando apenas do fato que faltou conflito e sobrou amor no livro, uma coisa eu não posso reclamar, Alexandra que escreveu o livro com apenas catorze anos não carece de talento para a escrita. Demonstrou de forma prima a maneira de escrever e detalhar cenas,  é muito comum em autores novos a falta de jeito para fazer cenas descritivas, Alexandra, porém se mostrou expert nisso e não se pode reclamar, o fato é que você consegue se localizar exatamente na cena em que ela esta descrevendo. 

Apesar do enredo de anjos estar na moda, este é o primeiro livro em que esses seres foram retratados da maneira como eu sempre imaginei que eles fossem.Criaturas divinas vindas do céu. A autora soube explorar completamente a crença real que as pessoas possuem de Deus e seus anjos, o céu e o inferno.

Apesar de não ter gostado do livro, indico a você que procura um romance água com açúcar, sem precisar pensar muito e sem esperar uma guerra entre bem e mal.

Nota: 3/5


4 comentários:

Giu Fernandes disse...

Oii Thais!!
Aii, eu nunca tive vontade de ler esse livro e eu já vi tantas resenhas negativas, ou tipo, que falam que o livro 'é bom, mas não muito bom', que eu desanimei de vez!
MAS O QUÊ?? Não sabia q ela tinha escrito o livro com quatorze anos, qqqq é isso! hahahahaha
Um beijo!

.Niii. disse...

Oi Thais!!!!

Visitando pela primeira vez seu Blog!
So cute!!!!
Adoreii
Tbém tenho um blog literário.Espero sua visita!!

Sobre o Post..

Não sei o que pensar desse livro. Eu tinha uma vontade imensaaa de ler, mas li tantas resenhas negativas que desanimei. Mas como sou adepta do "Tem que ler e tirar suas próprias conclusões", vou tentar um dia!


Bjs

Nii
Faz Parte...

*Seguindo vc!

SerenityHime disse...

Oi Tha!!

Bom, eu realmente vi na sua timeline o quanto o livro te irritou e te fez sofrer para terminar.
Será que ele é mais ou menos como falem: ou se ama ou se odeia? Porque tenho lido resenhas muito boas a respeito de Halo e outras bem negativas...

E, como ele tem uma continuação, pode ser que todas essas quase 500 páginas sirvam como um prólogo para a verdadeira ação que está por vir. ^^"

Bom, como Fallen, vou dar uma chance para o Halo e lê-lo. Depois venho aqui te dizer a minha opinião. xD

Adorei a resenha, flor! \o/
Beeeijos,
Vivi
The Bookaholic Princess

Vicente Reckziegel disse...

Oi Thais, tudo bem com Vc?

Gostei muito do teu blog, e já estou seguindo ele.

Gostaria que desse uma passada no meu www.vicentereckziegel.blogspot.com
lá estou postando algumas infomações sobre o meu livro, O Casarão, que estará sendo lançado agora dia 28 de Dezembro.
Inclusive se puder e quiser ajudar na divulgação, eu agradeceria o apoio.
Abração

Related Posts with Thumbnails